“Você é o que você come! ” Essa frase já deve ter chegado aos seus ouvidos em relação aos humanos, mas saiba que ela também vale quando o assunto é nutrição animal.

É na alimentação que estão todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo. Um animal bem nutrido apresenta comportamento dentro dos padrões, pelagem íntegra e bonita, cascos fortes e boa disposição. Seguir um programa alimentar, respeitando as exigências e demandas nutricionais de cada exemplar, deve estar entre as prioridades nos criatórios. Isso inclui a disponibilização de forragens de boa qualidade, água e minerais à vontade. Em alguns casos, a suplementação concentrada pode ser indicada, mas somente um profissional da área pode fazer prescrições que trarão benefícios, sem oferecer riscos.

Se algo não vai bem na alimentação, determinados sintomas logo irão aparecer. A cólica é um dos mais comuns e precisa ser tratada de maneira correta para não evoluir para piora do quadro. O animal costuma apresentar alterações no comportamento, como se deitar e levantar mais vezes do que o habitual ou se contorcer. Ocorrências que, da mesma forma, deverão ser esclarecidas e verificadas por médicos veterinários a fim de se evitar dúvidas ou diagnósticos equivocados.

Foto Henrique Ribas

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta